Você ama pratos Asiáticos, mas quer sentir a experiência completa ao comer do jeito certo – com hashis? Alguns juram que o gosto fica melhor, e você quer ver isso por conta própria… sem parecer bobo. Outros parecem manusear os hashis tão facilmente; porém, no seu momento de usá-los, você acaba pedindo por um garfo. Eis como dizer adeus ao garfo de uma vez por todas e colocar esses hashis em ação!

O manuseio

Pegue seu primeiro hashi com o dedo médio e o polegar. Esse será sua âncora – ele não pode se mover. Enrijeça sua mão para ter uma pegada firme. Permita que a extremidade larga do hashi descanse na curva de sua mão, onde o dedão e o indicador se ligam. Descanse a extremidade estreita entre a base do dedão e o lado do dedo indicador. Ele deve permanecer virtualmente imóvel. É algo parecido com segurar uma caneta, só que um pouco mais baixo.

  • Alguns podem preferir segurar o hashi com o lado do dedo anelar, com a ponta do indicador segurando-o no lugar.

Pegue o segundo hashi com seu dedo indicador e dedão. Este será o hashi que se moverá. Coloque o dedão sobre o lado do segundo hashi, para que ele descanse sobre o primeiro. Ajuste sua pegada até alcançar uma posição confortável. Certifique-se de que as pontas estreitas dos hashis estejam ligadas de forma a evitar que elas se cruzem ou não consigam “beliscar” o alimento.

  • Para juntá-los, você pode batê-los na mesa. Hashis em posições desiguais serão de dificílimo manuseio.

Pratique abrir e fechar os hashis. Apenas a parte de cima se move? Ótimo!

  • Se isso lhe ajudar, deslize sua mão para cima e para baixo, mas mantendo sempre a mesma posição, experimentando diferentes níveis de pegada. Alguns acham fácil manusear perto da base, enquanto que outros preferem fazer uma pegada mais perto da ponta.

Comece pegando alimentos! Trabalhar num ângulo de 45° pode ser ideal neste primeiro momento. Continue assem até conseguir erguer alimentos de maneira estável. Se houver algum desequilíbrio, baixe o alimento e tente novamente.

  • Assim que você ficar bom com um tipo de alimento, busque pegar objetos de diferentes tamanhos e texturas. Quando começar a se sentir realmente confiante, pratique com macarrão!

Etiqueta com hashis

 

Conheça as regras para compartilhar alimentos. Normalmente, no que tange pratos Asiáticos (independentemente de eles terem sido preparados em casa ou num restaurante), você pegará sua porção a partir de um prato grande de alimentos. Não é apropriado mergulhar hashis postos na boca na refeição comunal! Você tem duas opções:

  • Use um par público de hashis que jamais tocarão sua própria tigela (ou a de outra pessoa) de arroz/comida.
  • Pegue o alimento com a outra extremidade dos Hashis. Trata-se da parte larga que não entrará em contato com sua boca!

Saiba o que fazer com eles enquanto não comer. As regras dos hashis não acabam assim que você levar toma a comida à boca, infelizmente. Cada sociedade tem regras diferentes, mas em geral:

  • Não deixe os hashis apontando para cima no prato de comida. Isso é visto como mau agouro e lembra o incenso em funerais.
  • Não perfure a comida com as pontas dos Hashis. Se tudo o mais falhar, isso pode parecer uma boa alternativa, mas é visto como deselegante.
  • Não passe o alimento de hashi para hashi. Isso tam´bme é protocolo de funeral e visto como falta de etiqueta.
  • Não cruze os Hashis. Ao terminar de comer, coloque-os ao lado esquerdo do prato vazio.
  • Não aponte para pessoas com seus Hashis. O simples ato de apontar é deselegante em culturas Asiáticas. O mesmo vale para Hashis.
    • Essa página seria muito longa se abordasse todas as regras. Essas são as básicas.

Quando estiver comendo arroz, esteja apto a escavá-lo. Se a tigela de arroz for colocada em sua frente e seu único aparato de alimentação forem dois pedaços de bamboo, você pode sentir-se como alguém sem remos num barco. Porém, é perfeitamente aceitável (e normal, realisticamente falando) erguer a tigela de arroz perto da boca e comer o alimento desse jeito. Você não parecerá bobo – mas sim, parecerá culto!

  • Você pode se sentir como a Fera durante o jantar com a Bela; porém, fique calmo, é assim que se come arroz. Não atire o arroz para sua boca como um homem das cavernas – erga a tigela perto da boca para evitar que o arroz caia no chão.
    • O Japão tem regras ligeiramente mais estritas em relação a esse elemento. Caso esteja na China ou no Vietnã, por exemplo, é possível cavar o arroz do jeito que quiser. [1][2]

Dicas

  • Comece segurando os hashis no meio ou perto das pontas enquanto se acostuma com o movimento e com manter as pontas alinhadas. Quando for ficando mais confortável e confiante, tente segurar os hashis com uma pegada mais próxima ao final da extremidade grossa.
  • A diferença entre parecer alguém pouco instruído, e parecer alguém refinado e culto é mostrada quando você segura os hashis. Não segure os hashis próximo ao final. Quanto mais longe da comida suas mãos ficarem, melhor. Não apunhale a comida, isto é considerado rude e/ou um desrespeito ao chef ou cozinheiro que a preparou.
  • Seja paciente, já que demora um pouco para aprender o uso correto. É perfeitamente admissível pedir por um garfo ou colher caso você fique muito frustrado.
  • Aplique uma firme, mas gentil, pressão na comida; somente o suficiente para evitar que a comida caia dos hashis. Ao colocar muita pressão, é provável que seus hashis se cruzem caso não estejam perfeitamente alinhados, e podem acabar por atirar sua comida para longe da mesa.
  • Alternativamente, você pode segurar o hashi de baixo com a ponta do dedo anelar, repousando-o na unha de seu dedo mindinho. Deste modo, seu polegar irá manter o hashi no seu lugar. O hashi de cima irá se mover para cima e para baixo para pegar a comida.
  • Enquanto no começo pode parecer mais fácil segurar os hashis perto da ponta, segurá-los mais para trás significa que eles estão mais paralelos, o que ajuda a segurar a comida (como o arroz) por baixo. Você também poderá pegar pedaços maiores de comida.
  • Esta é a maneira correta de segurar hashis. No entanto, se você conseguir pegar confortavelmente a comida e levar a sua boca, você está efetivamente usando os hashis.
  • Hashis de madeira ou bambu são os mais fáceis de usar devido a sua textura absorvente na ponta. Os de plástico serão mais difíceis de usar. Hashis de metal, usados pelos coreanos, são os mais difíceis. Se aperfeiçoe com um e siga para o próximo. Na próxima vez que você sair, seus anfitriões serão impressionados!
  • Comidas flexíveis ou cortadas, como frios ou queijos fatiados fornecem boa prática. Elas são mais fáceis do que alimentos cortadas em cubos enquanto você está aprendendo a pressionar e alinhar os hashis.
  • Quando estiver tirando comida de uma tigela usada por outros, use o lado inverso dos hashis. Isto evita os germes de sua boca, que estarão no outro lado, de chegarem ao resto da comida.
  • Leve os hashis para casa para praticar usando eles. Siga os passos acima e levante um amendoim, uma caneta, ou um pedaço de peixe. Tente comer sua janta com eles.

Avisos

  • Evite passar comida com os hashis. Como em um próximo aviso, isto se assemelha a uma seção do tradicional funeral japonês, onde os familiares passavam ossos usando hashis. Ao invés disso, ao passar comida, coloque-a em um prato intermediário, preferivelmente usando um utensílio para se servir ou, se nenhum for providenciado, vire seus hashis ao contrário para que o lado que não esteve em sua boca toque a comida; então dê o prato a quem quer que seja.
  • Não é fácil usar hashis, então persevere enquanto estiver aprendendo como fazer.
  • A etiqueta chinesa diz que você pode levar sua tigela pessoal de arroz perto de sua boca com uma mão, enquanto usa os hashis para puxar o arroz para dentro de sua boca. No entanto, a etiqueta coreana diz que esta é uma forma muito ruim! Esteja ciente das pessoas com quem você está comendo, e quais são seus costumes.
  • Não cruze seus hashis. Na cultura chinesa, isto é um símbolo para a morte. Sempre descanse eles em paralelo um com o outro.
  • Evite espetar seus hashis no fundo do arroz. É falta de educação, já que lembra o incenso que os membros da família queimavam para lamentar um falecido. Também lembra a maneira como o arroz é simbolicamente oferecido aos mortos no Japão, Coréia e China. Quando você terminar, coloque os hashis em cima da tigela e descanse-os de modo plano.
  • Não cutuque seus dentes com os hashis, mesmo se não houver palitos de dente onde você está jantando.
  • Não aponte para pessoas com seus hashis.
  • Não bata na tigela ou prato com seus hashis. Isto é o que os mendigos faziam na China antiga.
  • Decida qual comida do prato você quer antes de colocar seus hashis nela. Cutucar coisas do prato é considerado muito mal-educado.

Fonte: Wikihow